IDL Virtual Machine

Um novo modelo de distribuição de aplicações IDL está disponível desde o mês de julho de 2003. O utilitário desenvolvido pela Exelis Visual Information Solutions (Exelis VIS), representada no Brasil através da SulSoft, chama-se IDL Virtual Machine.

 

Saiba mais sobre o IDL VM:

O que é o IDL Virtual Machine?
O IDL Virtual Machine é um utilitário multi-plataforma de distribuição gratuita para rodar dados compilados em código IDL. O IDL Virtual Machine é designado para proporcionar aos usuários IDL um método simples e sem custo de distribuir suas aplicações, permitindo aos desenvolvedores de softwares distribuir facilmente seus softwares compilados em código IDL, applets, ou aplicações sem a necessidade de licença adicional ou royalties.

Quanto custa o IDL VM? Isso custa alguma coisa para meus usuários finais?
O IDL Virtual Machine pode ser copiado gratuitamente do site da Exelis VIS.

Em quais plataformas roda o IDL Virtual Machine?
O IDL VM está disponível para todas as plataformas suportadas pelo IDL, incluindo Windows, Linux,
Mac OS X e Sistemas Operacionais UNIX.

É necessária uma licença para rodar o IDL Virtual Machine?
O IDL VM não necessita uma licença. Após instalado, o IDL VM pode rodar gratuitamente com qualquer arquivo IDL ".sav" compilado com o IDL 6.0 ou superior.

Como posso adquirir o IDL Virtual Machine?
O IDL VM está incluído com todas as distribuições IDL a partir do IDL 6.0. Adicionalmente, você pode simplesmente realizar o download do IDL VM do site da Exelis VIS ou da SulSoft. Após instalado, o IDL VM pode rodar gratuitamente com qualquer arquivo de programa ".sav", IDL 6.0 ou superior.

Qual a diferença entre o IDL V.M. e o runtime IDL?
Assim como uma licença runtime normal, não há acesso ao Ambiente de Desenvolvimento ou às Linhas de Comando IDL, exceto no modo demonstrativo de 7 minutos. Da mesma forma, apenas arquivos de programas compilados ".sav", não IDL ".pro code", podem rodar usando o IDL Virtual Machine.

De qualquer maneira, somando a liberdade de uso sem a necessidade de licença e royalties, o IDL VM possui muitas diferenças em comparação ao runtime IDL:

  • O IDL Virtual Machine mostra uma tela pop-up toda vez que é iniciado.

  • O IDL V.M. requer arquivos ".sav" compilados em IDL 6.0 ou superior.

  • Enquanto o IDL RT permite que o código IDL aceite objetos externos, como controles ActiveX e objetos Java, o IDL VM não pode ser usado em aplicativos em que o IDL é puxado de um ambiente externo. Isto significa que os aplicativos compartilhados e aplicativos que usam o controle ActiveX do IDL (IDLDrawX) não funcionarão.

  • O uso da função IDL EXECUTE não é permitido. Note que as rotinas CALL_PROCEDURE e CALL_FUNCTION são permitidas e a substituição será válida para muitos usos da função EXECUTE.

  • Se a sua aplicação requer o mapeamento global de database de alta resolução como uma opção de intalação com IDL, você precisará distribuí-lo para os seus usuários finais. Somente o mapeamento de database de baixa resolução está instalado com o IDL VM.

  • Você fica proibido de modificar a tela de abertura ou o instalador do IDL VM.

Eu tenho que realizar algo específico para criar uma aplicação para o IDL Virtual Machine?
Nada além do que é requisitado normalmente deve ser feito para criar um arquivo ".sav" compatível com o IDL VM. O ambiente IDL VM pode rodar qualquer arquivo normal ".sav", desde que compilado em IDL 6.0 ou superior e que não inclua função de desabilitação. Se você tem uma aplicação ".sav" que não queira acessar deste modo (IDL VM), você pode executar sua própria licença (IDL) com um código chave, ou você pode controlar o modo IDL VM em seu código de inicialização, para evitar o acesso.

O IDL Virtual Machine pode ser usado para distribuir aplicações comerciais?
Sim, o IDL Virtual Machine pode ser usado para distribuir tanto aplicações comerciais como não comerciais, sem necessidade de licença ou royalties.

Quais outros métodos de distribuição a Exelis VIS oferece?
As outras opções de distribuição da Exelis VIS existentes, incluindo as licenças IDL runtime e IDL completa ainda estão disponíveis e podem ser preferidas por alguns desenvolvedores que prefiram não ter a tela pop-up do IDL Virtual Machine quando a aplicação for iniciada; ou por aqueles que requerem funcionalidades que são desabilitadas no ambiente IDL VM. Para maiores informações de opções de distribuição disponíveis, contate a SulSoft.

Topo

 

Rodando o IDL Virtual Machine em Linux / UNIX

A execução da IDL VM em Linux/Unix é feita digitando na linha de comando do shell a seguinte expressão:

idl -vm

Uma janela de seleção de arquivo da IDL VM se abrirá, esperando que o usuário escolha o arquivo ".sav" a ser executado.

Pode-se optar, porém, por abrir diretamente a aplicação ".sav", entrando com o arquivo desejado diretamente na linha de comando, como a seguir:

idl -vm=/diretorio_do_arquivo_sav/nome_arquivo_sav.sav

Por exemplo:

Você tem um arquivo "aplicacaoIDL.sav", localizado no diretório "/home/usuario1/arquivosIDL".

Para executar essa aplicação, digite:

idl -vm=/home/usuario1/arquivosIDL/aplicacaoIDL.sav

Topo

 

Criando Distribuições Executáveis de Aplicações IDL

Até agora, o pré-requisito para que um usuário pudesse rodar uma distribuição em IDL era que o mesmo tivesse instalado em sua máquina a IDL Virtual Machine.

Porém, já é possível que um programa IDL distribuído seja executado a partir de um arquivo executável (.exe). Assim, o usuário do aplicativo distribuído, não necessariamente deve ter a IDL VM instalada em seu computador, uma vez que a distribuição na qual o arquivo ".exe" está incluso já contém todos os arquivos auxiliares, necessários à execução do programa. A seguir, estão descritos os principais passos para criar-se uma distribuição de aplicação IDL, gerando um arquivo executável. Para evitar possíveis problemas com permissões, que podem gerar erro durante o processo, o ideal é que se tenha direitos de administrador do sistema.

Para criar uma distribuição de uma aplicação em IDL, gerando um arquivo executável, siga os seguintes passos:

  1. Abra uma nova sessão do IDL DE.


  2. Crie um projeto com o mesmo nome da rotina principal de sua aplicação, clicando em "File > New > Project...".


  3. Selecione "Project > Add/Remove Files...", para adicionar ao projeto todos os arquivos fontes (.pro) chamados pela sua aplicação.

  4. Selecione "Project > Options...", e mude o tipo de projeto a ser salvo, clicando em "Save File (.sav)". Essa opção "diz" ao IDL que esse projeto se tornará uma distribuição.

  5. Selecione "Project > Build", para compilar e resolver todas as dependências de seu programa.

  6. Crie uma pasta em um diretório de sua escolha. O nome também fica a seu critério. Essa pasta conterá arquivos de sistema, e de aplicações da sua distribuição.

  7. Selecione agora "Project > Export...", para exportar sua distribuição IDL para a pasta rescém criada. Vale ressaltar que o IDL sempre exportará todos os arquivos que qualquer aplicação IDL, porventura, venha a precisar. De modo que, pode-se optar por não exportar arquivos, dos quais sabe-se que o programa não se utiliza, reduzindo, assim, o tamanho do pacote de instalação. Para deletar esses arquivos, clique nas pastas exibidas, desmarcando os arquivos que você julgar desnecessários.

  8. Nesse momento, a pasta criada já deve conter os arquivos exportados pelo IDL. O arquivo executável gerado deve estar localizado no subdiretório "bin\bin.x86" dessa pasta. Ao clicar nesse arquivo, a sua aplicação deve ser executada. Porém, quando executa-se o programa a partir desse caminho, todos os arquivos ".ini" presentes no IDL são transformados em ".000". Cabe a você renomeá-los para ".ini" novamente. Também é recomendável que você delete o arquivo "reg.dat", o qual contém informações específicas sobre sua máquina.

  9. Agora é hora de criar o pacote de distribuição do seu programa. Para isso, é necessário que você tenha instalado em sua máquina um Gerador de Pacotes. Uma boa opção é o "Setup2Go Installer Builder", disponível em http://www.dev4pc.com/. Siga as instruções do gerador escolhido e crie o pacote de sua aplicação.

  10. Feito o download e instalado esse gerador, abra o arquivo "Setup2Go.exe". Sua tela inicial deve ser equivalente à seguinte:




  11. Selecione "Create a new project using the Project Wizard". Essa opção oferece a você a maneira mais simples e rápida de configurar sua distribuição. Aparecerá outra tela, onde você deve clicar em "Next >".

  12. Chega-se, então, à seguinte tela:



    Nessa tela, coloque as principais informações da aplicação a ser distribuída e, também, os dados de sua empresa. Após, clique em "Next >".

  13. A próxima tela pede que o usuário selecione o diretório onde se localiza a aplicação a ser distribuída:



    Clique em "Browse..." e selecione o diretório correspondente. Clique em "Next >", e em seguida, em "Finish".

  14. A tela seguinte solicita que as configurações feitas sejam salvas. Digite um nome para o arquivo a ser criado e clique em "Salvar".



  15. Agora, é hora de fazer as configurações finais de sua aplicação. A tela é a seguinte:



    Uma das configurações mais importantes dessa etapa é a inclusão de um atalho para o arquivo principal da aplicação, a ser incluído na área de trabalho, quando a distribuição for instalada no computador do usuário. Para fazer isso, clique na guia "Shortcuts". Selecione, então, a pasta "Desktop", no lado esquerdo da tela e clique no lado direito da tela com o botão direito do mouse, selecionando "New Shortcut...".



    É aberta uma nova janela, que permite a você selecionar o arquivo principal (.exe) da aplicação:



    Selecionado o arquivo, clique em "OK" nessa janela e também na seguinte.

  16. Uma outra configuração importante é a escolha do nome do arquivo da distribuição gerada. Para alterá-lo, clique na guia "Create Setup" e digite, no campo "Output Folder", o nome desejado.

  17. Finalmente, após todas as configurações desejadas estarem prontas, clique no menu "Build > Build Setup". Aguarde a operação ser concluída, e clique em "Close".

    Pronto! Agora, seu programa está pronto para ser distribuído e executado em qualquer máquina que rode em ambiente Windows.

 
Contato: Rua Felipe Neri, 444 - Porto Alegre/RS - Brasil | Fone: (51) 3333-1581 / (51) 3026-3920 | Todos direitos reservados.